Notícias

Terça, 05 Outubro 2021 20:47

Deputado Roosevelt Vilela participa de evento em comemoração aos 60 anos do Grupamento de Fuzileiros Navais de Brasília

Durante a solenidade, aconteceu o descerramento simbólico da placa que denomina a enseada próxima ao Grupamento de “Rachel de Queiroz”, fruto de um PL de autoria do parlamentar

Na manhã desta segunda-feira (4), o deputado Roosevelt Vilela participou da cerimônia militar em comemoração aos 60 anos do Grupamento de Fuzileiros Navais de Brasília. Parceiro da Marinha do Brasil, o parlamentar agradeceu o convite, parabenizou o Grupamento pela cerimônia e reafirmou o seu compromisso com os fuzileiros navais.

Deputado Roosevelt Vilela participa de evento em comemoração aos 60 anos do Grupamento de Fuzileiros Navais Brasília

Durante a solenidade, aconteceu o descerramento simbólico da placa que denomina a enseada próxima ao Grupamento de “Rachel de Queiroz”, escritora brasileira considerada a madrinha dos fuzileiros navais. A proposta é fruto do Projeto de Lei n° 498/2019, de autoria do deputado Roosevelt, que está em tramitação na Câmara Legislativa do DF.

Por sua vez, o parlamentar demonstrou a sua satisfação em ter apresentado este projeto na CLDF. “Considero de extrema importância essas ações que valorizam as nossas corporações militares. Rachel se tornou um símbolo para a Marinha e, por isso, não podemos deixar de prestar esta homenagem”, destacou o deputado.

Participaram da solenidade o Comandante-Geral do Corpo de Fuzileiros Navais, Almirante de Esquadra Jorge Armando Nery Soares, o Comandante do 7° Distrito Naval, Vice-Almirante Gilberto Santos Kerr, o Comandante do Grupamento de Fuzileiros Navais de Brasília, Capitão de Mar e Guerra Vannei de Almeida, a deputada federal, Bia Kicis, entre outras autoridades.

O Grupamento

Há 60 anos, o Grupamento de Fuzileiros Navais de Brasília era criado por meio de um decreto presidencial, em 2 de setembro de 1961, e fundado após uma marcha entre o Rio de Janeiro e Brasília. Denominada de Operação Alvorada, a caminhada ocorreu entre 28 de janeiro e 20 de abril de 1960, com mais de 1.200 quilômetros percorridos, sob o comando do Capitão-de-Corveta (FN) Clinton de Queirós Barros, que levava uma carta do então Ministro da Marinha para ser entregue ao Presidente Juscelino Kubitschek em virtude da fundação de Brasília.

O Grupamento teve diversas ações importantes representando a Marinha como, por exemplo, o auxílio na Operação Acolhida (ajuda humanitário aos venezuelanos que atravessaram a fronteira, em 2018); na Operação Regresso à Pátria Amada Brasil (ação interministerial com objetivo de repatriar os brasileiros que estão localizados em Wuhan, China, devido ao surto da Covid-19); e também com ações de combate ao coronavírus.

 

Acesse as nossas mídias, curta, compartilhe:
Whatsapp Facebook INSTAGRAM flirck Twitter Youtube

Mapa do site

FALE CONOSCO

Invalid Input

Invalid Input

Invalid Input

Invalid Input

Search